6 dicas de como implementar um bom projeto de primeira infância

Você conhece um projeto bacana para o desenvolvimento infantil e quer implementá-lo na sua área de atuação? Neste post, veja seis dicas de como proceder de maneira eficiente, seguindo alguns passos.

Você teve contato com um projeto de educação infantil ou de saúde, alguma ideia que fez diferença no desenvolvimento dos pequenos onde ela foi aplicada? Se quiser incorporá-la ao seu trabalho na sua instituição ou município, é importante que se atenha a alguns processos. Veja:

Identifique outras propostas similares – analise iniciativas que já existem e que possam agregar mais eficácia à ideia que quer replicar, nunca esquecendo que qualquer projeto precisa respeitar as características e culturas daqueles que serão beneficiados por ele.

Defina o perfil dos profissionais que irão atuar no projeto – gente capacitada, que entenda o que tem de ser feito, vivenciando uma formação constante, é essencial para que a proposta dê certo. Capriche na seleção do seu capital humano.

Não economize com capacitação – formar as pessoas, sem pressa, antes e durante a implementação e continuidade da proposta, é mais importante do que correr com prazos para começar o projeto logo. Cuide para que aqueles que darão a capacitação façam isso com muita qualidade.

Garanta supervisão e orientação – Para que a ideia siga suas origens e seja bem implementada, é preciso um monitoramento contínuo que corrija problemas em tempo real, para não comprometer os resultados. Os profissionais envolvidos também necessitam de alguém que os oriente em momentos de conflito e dúvidas, sempre em uma atmosfera construtiva, de respeito mútuo e apoio.

Fique atento aos materiais – Conheça bem os processos de compras públicas e crie um calendário de aquisição mais realista para que o material chegue no tempo necessário. Se ele for feito por outros fornecedores, elabore uma programação detalhada e verifique se essas empresas são bem conceituadas no mercado, para não ficar na mão.

Evite a rotatividade de pessoal – Nem sempre é fácil manter a mesma equipe. Por isso, pensar em salários e benefícios compatíveis, com capacitações em serviço e contínuas para crescimento profissional, são atrativos importantes.

Quer mais dicas? Então conheça a Coleção Primeiríssima Infância que traz outras informações para fazer de sua iniciativa um sucesso.

Depois, é arregaçar as mangas e começar a planejar como, quando e com quem você vai desenhar o plano estratégico e de ação da proposta que quer implementar. Boa sorte!

Fonte: Blog Primeiros Passos (BID) 

Leia mais

Um programa que acolhe a criança por inteiro

Um mapa brasileiro das boas iniciativas em favor da infância

 

Confira a página Desenvolvimento Infantil, da Fundação Maria Cecilia, no canal do Youtube. Acesse, assine o canal e compartilhe o que é preciso saber sobre a primeira infância.

 

Comments

2
  1. avatar

    Muito bom. Parabéns! VAI ME AJUDAR MUITO.ESSE TIPO DE TRABALHA É QUE CONTRIBUI PARA UM FUTURO MELHOR E SENSIBILIZA AS PESSOAS A ENTENDEREM QUE EDUCAÇÃO INFANTIL É A BASE PARA UM MUNDO MELHOR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*