“Não forcem a criança a comer vegetais!”

Como assim?! Pois é! Esta afirmação é do pediatra espanhol Carlos González, em entrevista concedida ao site Catraquinha. Vamos entender o que ele quis dizer com isto?

A criança prefere hambúrguer no lugar de arroz e feijão. Se ela faz essas escolhas, é porque o ambiente em que vive propicia isso (família, escola, sociedade). Por isso, para evitar isso, é preciso oferecer à criança opções saudáveis sempre. Essa afirmação também é de Carlos González, que acredita termos nascido com a tendência natural de comer corretamente. O que nos “estraga” é o meio. A publicidade, por exemplo, influencia negativamente essas escolhas.

O pediatra espanhol defende que, se a criança cresce aprendendo a fazer boas escolhas, porque o contexto assim permite, ela se tornará um adulto melhor. Ele é a favor da autonomia infantil. “As crianças estão naturalmente sujeitas à autoridade de seus pais, e ninguém finge o contrário. Somos nós, os pais, que decidimos onde a família vai viver, que escola a criança frequenta, qual alimento, móvel ou roupa compraremos. A questão é: essa autoridade que temos vai ser usada de forma razoável e responsável ou seremos ditadores obsessivos?”, questiona.

Mas, e sobre não obrigarmos os pequenos a comer vegetais? González explica:

“Alimentos vegetais são a base de uma alimentação saudável, e todos os médicos devem recomendá-los. Tanto a crianças como a adultos. Mas eu nunca forço um adulto a comer legumes. Uma criança também não deve ser forçada. É simples assim. É responsabilidade dos pais ter apenas alimentos saudáveis em casa. Entre os alimentos saudáveis que temos em casa, cada criança, como qualquer adulto, decidirá o que comer em todos os momentos. É muito importante respeitar a capacidade das crianças para decidir o que comer, quanto comer e quando comer (decidir dentro de certos limites, é claro, não se trata de trocar os doces por frutas). É muito importante porque todos nós temos de escolher por toda a nossa vida”.

Dito isto, fica a pergunta: você concorda com doutor Carlos González?

Depois, assista a este vídeo que mostra, na prática, as dificuldades que as famílias enfrentam na adoção da alimentação saudável. “Quando tudo começa” é uma série da Discovery Home & Health, que teve a parceria da Fundação Maria Cecilia, falando sobre as experiências de pais e cuidadores nos primeiros anos de vida de seus filhos. Clique aqui e confira todos os episódios.

Para acessar a entrevista completa, clique aqui.

Leia mais

Má alimentação prejudica desempenho escolar

6 orientações para evitar a obesidade infantil

Confira a página Desenvolvimento Infantil, da Fundação Maria Cecilia, no canal do Youtube. Acesse, assine o canal e compartilhe o que é preciso saber sobre a primeira infância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*