Negócio de impacto social: empreendedores podem ajudar a promover a primeira infância

Não é modismo, mas uma estratégia que pode trazer luz à causa e favorecer o desenvolvimento infantil. Isso mesmo! Conheça a modalidade de negócios que, além de gerar recursos financeiros, oferece soluções para problemas sociais, no nosso caso, para a criança de zero a seis anos e sua família.

Fomentar e fortalecer empreendimentos que gerem impacto positivo na vida das pessoas: foi assim com o Artemisia Lab – Primeira Infância, uma parceria da Fundação Maria Cecilia com a Artemisia, que em 2016 também contou com a Danone Early Life Nutrition Brasil. A iniciativa nos colocou em contato com a criatividade e poder transformador de pessoas engajadas em propor serviços e produtos focados nas necessidades não atendidas da criança brasileira e adultos responsáveis por ela.

Aí é que entram os negócios de impacto social, que são empresas que oferecem, de forma intencional, soluções escaláveis para problemas da população de baixa renda.

A partir desse contexto, lançamos a publicação “Empreendedorismo e negócios de impacto social para a primeira infância” com o objetivo de compartilhar conteúdos e fontes de referência para auxiliar empreendedores e empreendedoras a propor soluções de negócios que ajudem a transformar a realidade das crianças e de suas famílias, em especial as que estão em situação de mais vulnerabilidade.

Na publicação, você encontra conteúdos, como:

  • Dimensões dos negócios de impacto social
  • O que um empreendedor precisa saber para investir na primeira infância, conceitos necessários sobre esta fase crucial da vida
  • Sugestões de ações para criar e implementar
  • Referências para avaliação de impacto social

Com uma vasta bibliografia complementar, o empreendedor poderá entender melhor a formação do cérebro nos primeiros anos de vida, por que essa fase da vida é uma janela de oportunidade, quais os principais desafios da primeira infância brasileira, a importância do brincar e a necessidade de que os adultos de referência promovam interações afetivas com a criança, o cuidado com a exposição da criança a telas, dentre outros aspectos.

A publicação também explora áreas possíveis para se desenvolver negócios de impacto social, como:

  • Pré-natal, parto e nascimento
  • Nutrição
  • Parentalidade
  • Saúde da criança
  • Educação
  • Brincadeiras e interação com a natureza

Para baixar a publicação gratuitamente, é só clicar aqui.

Boas inspirações para você!

Leia mais

Creches alternativas: bem-estar aos pequenos e sustentabilidade ao planeta

6 dicas para adaptar boas experiências para a primeira infância

 

Confira a página Desenvolvimento Infantil, da Fundação Maria Cecilia, no canal do Youtube. Acesse, assine o canal e compartilhe o que é preciso saber sobre a primeira infância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*