O que não pode faltar na biblioteca do bebê

Para formar bons leitores é preciso mostrar aos pequenos como ler é gostoso e nos leva a mundos distantes, sem sair do lugar. A leitura ajuda a desenvolver várias habilidades, intelectuais e emocionais, por isso, nada melhor do que começar a praticá-la desde os primeiros anos de vida.

Ler para uma criança significa compartilhar ideias, vivenciar trocas, fortalecer os vínculos… E muito mais. Por isso, pensar nas publicações que vão compor o “enxoval de aprendizados” do bebê é essencial.

Uma matéria de Denise Guilherme, do site A Taba, chamou a nossa atenção, porque fala desse tema e traz dicas bem interessantes para educadores e pais.

Denise aponta sete tipos de livros que não podem faltar na primeira biblioteca da criança:

1. Livros de pano, banho e cartonados são um ótimo começo (e podem ser puxados, mordidos, amassados).

2. Obras com imagens que ampliem o repertório estético dos pequenos, os chamados livros-álbum, que saem da tradicional composição figura e legenda.

3. Publicações com cantigas e paralendas levam adultos e crianças a resgatarem, juntos, a cultura oral brasileira.

4. Histórias que apresentem elementos de repetição, com frases que aparecem várias vezes, facilitando a memorização, ajudam a criança a “ler” sozinha, mesmo sem ainda ser uma leitora convencional.

5. Histórias rimadas mexem com o tom, a sonoridade e o ritmo da voz. Os pequenos adoram.

6. Contos de acumulação, em que novos elementos são incluídos a cada página, têm tudo a ver com essa fase da infância.

7. Livros de poemas, que também têm ritmo e sonoridade, aguçam a curiosidade dos bebês.

“Ler para os bebês pode ser uma grande oportunidade para criar experiências estéticas de desenvolvimento da sensibilidade, da criatividade, da inteligência e da imaginação não somente para os pequenos, mas para os adultos também”. Denise Guilherme

Com estas dicas, é possível montar um acervo bem bacana. No entanto, ele não terá muito sentido se a criança não puder contar com adultos dispostos a compartilhar esse prazer com ela. Só assim os livros vão contribuir de fato ao desenvolvimento do bebê e ao fortalecimento dos vínculos, essencial para o bem-estar dos pequenos.

Acesse o site de A Taba para ler a matéria completa.

Leia mais
Leitura para bebês prematuros. Uma terapia incrível 
Você viu o que os pediatras estão receitando? 

Confira a página Desenvolvimento Infantil, da FMCSV, no canal do Youtube. Acesse, assine o canal e compartilhe o que é preciso saber sobre a Primeira Infância.

Comments

1
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*