O “top 10” do leite materno

É sempre importante investir nas conversas com as gestantes e mães de recém-nascidos para que se conscientizem da importância do aleitamento materno, que vai muito além de alimentar o bebê, já que a amamentação também fortalece vínculos e afetos, essenciais à criança.

Levantamos aqui dez motivos – dentre muitos – que justificam a orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre bebês até seis meses serem exclusivamente amamentados com leite materno. Lembramos que, depois desse período, alimentos sólidos devem ser introduzidos na dieta da criança, mantendo a amamentação como complemento, até os dois anos de idade.

Sugerimos que você compartilhe o texto abaixo no seu posto de trabalho, seja em cartazes ou folhetos, seja nas conversas com mulheres grávidas e famílias com bebês.

10 motivos sobre a importância da amamentação exclusiva até os seis meses
1. A maneira como o bebê usa os maxilares, a língua e os músculos faciais ao mamar garante uma melhor saúde oral à criança. 
2. O leite materno é rico em fatores imunológicos que ajudam a combater infecções na infância. 
3. O aleitamento materno poderia evitar 13% das mortes de crianças com menos de cinco anos. 
4. Quanto mais tempo o bebê for amamentado, menor a chance de ele apresentar sobrepeso. 
5. Uma substância encontrada no leite humano pode neutralizar o HIV, protegendo os bebês, filhos de mães portadoras do vírus da Aids.
6. Criança que mama no peito está mais protegida das chances de desenvolver o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH). 
7. O leite materno é eficiente no combate à desnutrição.
8. Possui ácidos graxos necessários ao desenvolvimento do cérebro e sistema nervoso.
9. O contato carinhoso ao amamentar reforça a segurança emocional entre mãe e filho.
10. Quanto mais tempo o bebê é amamentado, maiores poderão ser os níveis de sua inteligência, escolaridade e renda financeira na vida adulta.

Aproveite a oportunidade e mostre às gestantes e famílias com recém-nascidos o vídeo “Amamentação: o que fazer”, da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, com orientações de como preparar esse momento tão importante da relação entre mãe e filho – com o apoio da família. Faça a sua parte e compartilhe esta ideia.

Leia mais:
Amamentação e maior renda, uma combinação possível 
Ajude as mães a amamentarem melhor 
Hormônios, Matemática, leite materno… De tudo um pouco 

 

A Fundação tem um novo canal no Youtube! O acervo de vídeos traz temas importantes sobre desenvolvimento infantil. Clique aqui, assine o canal e fique por dentro das novidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*