Os 10 mandamentos dos secretários da Educação

A secretaria da educação, para muitos, é a pasta mais importante do município depois da prefeitura. A escolha de quem vai ocupá-la normalmente fica sob a responsabilidade do prefeito. Mas qual o perfil ideal da pessoa para esse cargo?

O Movimento Todos pela Educação definiu 10 itens que especialistas consideram essenciais às práticas do secretário municipal de educação que tem sob sua responsabilidade 25% do orçamento da prefeitura. Por isso, ele precisa:

Ser comprometido com a qualidade da Educação, apresentando propostas embasadas em conhecimento e práticas bem-sucedidas.

Conhecer a área da Educação, o que significa ir além das habilidades administrativas, possuindo experiência, noções pedagógicas, compreensão sobre os programas do Ministério da Educação (MEC), sobre avaliações (Ideb, por exemplo) e legislação.

Montar uma boa equipe, já que um único gestor não tem como atender a todos os critérios. Por isso, cercar-se de bons e comprometidos profissionais, com aptidões que complementem aquilo que ele não domina, é importantíssimo para uma gestão bem-sucedida.

Ser um bom articulador, ou seja, estar aberto ao debate com todos os envolvidos no tema para favorecer parcerias e interações, reconhecer as diferenças e conflitos e ter capacidade de negociação com seus pares, sua equipe, professores, coordenadores e diretores da rede.

Propor uma gestão democrática, valorizando o debate com a comunidade da escola e a sociedade que acontece nos conselhos escolares e no Conselho Municipal de Educação. Discutir o plano municipal de Educação com a população é outra prática democrática que vai enriquecer a gestão, trazendo melhores resultados.

Ter conhecimento da realidade educacional do município, ou seja, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) da rede e os resultados das avaliações estaduais e municipais para traçar planos de melhoria.

Ter vida pregressa limpa, fato que todo e qualquer gestor tem de preservar para conquistar a confiança da população e avançar no propósito de gerir com transparência e ética.

Efetivar o regime de colaboração com outros municípios, estado e governo federal, que, embora previsto na Constituição, acontece muito mais no papel. Levar a colaboração à prática é muito importante porque define a forma como todos devem cooperar entre si para a oferta dos serviços educacionais.

Dar continuidade às políticas da gestão anterior, aperfeiçoando-as para que alcancem maiores resultados. A descontinuidade, ato comum na troca de gestão, só prejudica a rede de ensino local.

10º Articular políticas intersetorais que, para o atendimento da criança na primeira infância, é essencial, já que ela terá acesso a melhores oportunidades de desenvolvimento se contar com equipamentos das áreas de Educação, Saúde, Assistência Social, Cultura de forma integrada.

Para encerrar, nós incluímos o 11º mandamento, extremamente importante ao gestor que quer, de fato, contribuir ao desenvolvimento humano de seu município:

Priorizar a primeira infância, sugerindo e articulando políticas públicas que favoreçam o desenvolvimento infantil nos primeiros anos de vida, além de qualificar a Educação voltada a esse público.

Qual outro “mandamento” você incluiria nesta lista?

Fonte: Todos pela Educação

Leia mais

Gestor da educação: você não está sozinho!

Entrevista: os desafios que temos de enfrentar pela primeira infância

Clique aqui para acessar e compartilhar a nossa página no YouTube, que contém informações essenciais sobre a primeira infância.

Comments

2
  1. avatar

    Os materiais são de excelente qualidade. Pesquiso e atuo na área da educação, formação de professores para a primeira infância(diferentes linguagens da criança/Políticas públicas de Educação Infantil), na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Caso queiram realizar alguma parceria , me coloco à disposição.

    • avatar

      Olá, Maria Angea Barbato Carneiro. Que bacana a sua pesquisa. Por favor, mande essas informações ao e-mail fmcsv@fmcsv.org.br contando de seu interesse em mostrar o que realiza na PUC para que a pessoa responsável possa contatá-la. Abraços e obrigada pelo comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*