O desenvolvimento não é só físico

Já comentamos, aqui neste espaço, a dificuldade que as mães enfrentam para impor limites aos seus filhos pequenos. Agora, vamos falar sobre um outro ponto interessante apresentado pela pesquisa que realizamos em parceria com o Ibope para descobrir qual a visão da sociedade sobre o desenvolvimento durante a Primeira Infância.

A pesquisa perguntou a 2.200 pessoas o que é importante para o desenvolvimento da criança até os 3 anos de idade, e as respostas mostraram que os aspectos da saúde física são os mais valorizados pela sociedade. Mais da metade dos entrevistados (51%) respondeu que levar ao pediatra regularmente e dar as vacinas recomendados é o fato mais importante. Eles têm razão. Porém as demais respostas mostram que há uma grande preocupação em relação ao bem estar físico dos pequenos enquanto as questões relativas ao desenvolvimento emocional, cognitivo e social ficam em segundo plano.

Se pegarmos as cinco respostas mais apontadas, quatro dizem respeito aos cuidados físicos, conforme mostra a tabela abaixo.

O que é importante para o desenvolvimento
de crianças de 0 a 3 anos…

 

Cinco opções mais votadas na pesquisa

Porém, se tomarmos as cinco respostas menos indicadas, quatro tratam de ações relativas ao ‘humano’ .

Cinco opções menos votadas na pesquisa

Os resultados da pesquisa mostram que o Brasil teve muito sucesso ao transmitir para a população a importância de cuidar da saúde de gestantes, bebês e crianças pequenas. Porém, é chegado o momento de dar atenção não só aos aspectos físicos dessa saúde, mas também às questões psicológicas e cognitivas.

 Fotos: Leo Sanches

Comments

4
  1. avatar

    Excelente texto!

  2. avatar

    Nós acreditamos na intervenção e estimulação essencial com a participação das mãos ou familiares! Resultará em aprendizagem e desenvolvimento afetivo, social, cognitivo e motor ! Cria-se uma vontade, responsabilidade e preocupação com o futuro em assegurar que a criança receba orientações e escolarização ao longo da vida !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*