Roteiro – Como programas de visitação domiciliar podem fortalecer a primeira infância?

Programas de visitação, normalmente focados em famílias de baixa renda, têm sido adotados por diferentes países como forma de diminuir as desigualdades de acesso aos serviços públicos. No caso da primeira infância, não é diferente, mas vai muito além. Confira aqui o que são e como atuam esses programas. Clique nas palavras destacadas para aprofundar-se nos temas.

A visitação domiciliar durante o período pré-natal, logo após o nascimento e ao longo dos primeiros anos de vida, é uma estratégia promissora no mundo todo para fortalecer as famílias, preparar melhor os adultos que participam da vida da criança e prevenir, dentre outros eventos, maus-tratos e negligência.

Já se sabe também que a primeira infância é uma etapa essencial para o ser humano, quando se consolida o desenvolvimento do cérebro, suas estruturas, e se adquirem capacidades fundamentais para fortalecer competências das fases seguintes da vida, por exemplo, as chamadas funções executivas.

Por isso, na visitação, os profissionais desenvolvem atividades com as famílias para melhorar a relação dos pais com a criança, reduzindo os riscos de castigos físicos e verbais, comuns em muitas culturas como forma de estabelecer limites – mas prejudiciais ao desenvolvimento infantil.

As equipes estimulam o fortalecimento de vínculos por meio de brincadeiras, jogos e leituras, além de incentivar a interação com a criança na gravidez e desde os primeiros dias da vida. Essas práticas favorecem nos pequenos o desenvolvimento em diferentes áreas – motora, intelectual, relacional, dentre outras (Fundamentos da Família, pag. 86).

Aliado a tudo isso estão os cuidados com o desenvolvimento físico da criança, que também requer acompanhamento constante, tendo como base marcos do desenvolvimento infantil.

A proposta da visitação familiar não é interferir na autoridade da família, mas orientá-la e empoderá-la para que possa desempenhar melhor o seu papel no bem-estar geral de seus filhos.

No quadro abaixo, os diferentes períodos em que as visitas domiciliares podem impactar positivamente a primeira infância, trazendo resultados concretos ao desenvolvimento infantil.

(Fonte: Fundamentos da Família como Promotora do Desenvolvimento Infantil – Parentalidade em Foco)
Crédito Imagem: Guga Ferri

Leia mais

Programa social fortalece os vínculos da família

Roteiro: a Saúde e as relações parentais positivas

Clique aqui para acessar e compartilhar a nossa página no YouTube, que contém informações essenciais sobre a primeira infância

Comments

2
  1. avatar

    Tenho muito interesse nesse assunto. Já publiquei um livro sobre o fortalecimento de vínculos familiares e agora, desejo me aprofundar ainda mais, através de um projeto de mestrado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*