Semana Mundial do Aleitamento Materno: faça diferença!


Hoje começa a SMAM (Semana Mundial do Aleitamento Materno). Até o dia 7 de agosto você pode ajudar a divulgar a importância da amamentação exclusiva nos seis primeiros meses de vida e engrossar o número de profissionais voltados à Primeira Infância, no Brasil e no mundo, que abraçaram essa causa!
O Brasil é um dos 170 países que aderiram à campanha da OMS (Organização Mundial da Saúde) para conscientizar o mundo da importância do aleitamento e melhorar a saúde da criança pequena.

Não existem mais dúvidas de que o leite materno é a melhor forma de fornecer ao recém-nascido todos os nutrientes necessários para o seu crescimento saudável.

A orientação, como você sabe, é que o bebê receba leite materno exclusivo até os seis meses de vida e, depois, continue mamando no peito, associando o leite a outros alimentos, até que a criança complete dois anos ou mais.

No caso do colostro (tipo de leite mais grosso, de cor amarelada, produzido ao final da gestação), a recomendação é que ele seja fornecido ao recém-nascido até uma hora após o parto.

Com essa atitude, os pequenos poderão ficar imunes a doenças respiratórias e crônicas, problemas cardiovasculares, diabetes, hipertensão e osteoporose.

Também é uma maneira eficiente de se combater a desnutrição, responsável por uma em cada três mortes de crianças menores de cinco anos.

“Nutrição e carinho nos primeiros anos de vida são cruciais para uma boa saúde e para o bem-estar ao longo da vida. Na infância, nenhum presente é mais precioso que o aleitamento materno. Ainda assim, menos de um em cada três bebês é exclusivamente amamentado durante os primeiros seis meses de vida”, informa a OMS.

O Dia Mundial da Amamentação foi criado em 1º de agosto de 1992 pela Aliança Mundial de Ação Pró-Amamentação com o objetivo de promover o aleitamento, combater a desnutrição infantil e incentivar a criação de bancos de leite para bebês que não têm como receber esse alimento das mães.

No nosso país, a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano definiu dez passos para o sucesso da amamentação:

1. Ter uma política de aleitamento materno escrita, que seja rotineiramente transmitida a toda equipe de cuidados de saúde.
2. Capacitar toda a equipe de cuidados da saúde nas práticas necessárias para implementar essa política.
3. Informar todas as gestantes sobre os benefícios e o manejo do leite materno.
4. Ajudar as mães a iniciarem o aleitamento materno na primeira meia hora após o nascimento do bebê.
5. Mostrar às mães como amamentar e como manter a lactação, mesmo se vierem a ser separadas dos filhos.
6. Não oferecer a recém-nascidos bebida ou alimento que não seja o leite materno, a não ser que haja indicação médica.
7. Praticar o alojamento conjunto, permitindo que mães e bebês permaneçam juntos 24 horas.
8. Incentivar o aleitamento materno sob livre demanda.
9. Não oferecer bicos artificiais ou chupetas a crianças amamentadas.
10. Promover grupos de apoio à amamentação e encaminhar as mães a esses grupos na alta da maternidade.

 

Por isso a importância de aderir a Campanha e fazer a sua parte na creche, escola ou no espaço de atendimento de saúde e promoção social à Primeira Infância.

Como? Proferindo palestras para os pais, distribuindo cartazes informativos sobre o tema no seu espaço de trabalho, conversando com seus colegas para que tenham essa consciência e ajudem a divulgar a importância do aleitamento… Ideias é que não faltam! E informações também.

Neste blog, já falamos sobre a amamentação algumas vezes e você pode reler os posts para ter mais subsídios a respeito. Confira:

Amamentação: aliada contra doenças que afetam as mulheres
Alimentos sólidos? Só depois dos seis meses

É hora de todo mundo saber: não existe leite materno fraco!

Aleitamento materno: um vínculo entre mãe e filho
Doação de leite materno: atitude que faz diferença

 

Na Enciclopédia da Criança você também encontra informações bem legais. É só clicar aqui.
Faça destes dias de campanha momentos de conscientização e de mudança na forma de ser e de agir de muitos pais e profissionais com relação ao bem-estar de seus filhos.

Bom trabalho e ótimas conquistas em favor da criança pequena!

Comments

3
  1. avatar

    eu estou grávida e sonho amamentando minha filha queria poder amamenta;por um bom tempo mas volto a trabalha so tenho 4 meses queria algumas dicas do que fazer p/ a minha filha ter a melhor alimentaçaõ depois que eu tiver que volta p/ o trabalho;obg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*